Datafolha: Bolsonaro derrete e Ruim/Péssimo chega a 51%

Diretor do instituto destaca que aumento da rejeição se relaciona com denúncias de corrupção

Levantamento divulgado pelo Datafolha nesta quinta-feira (8) mostra que a rejeição do presidente Jair Bolsonaro disparou entre maio e julho. A pesquisa dialoga com levantamentos divulgados por outros institutos nos últimos dias em meio ao avanço das investigações da CPI do Genocídio.

Segundo a pesquisa, publicada na Folha de S. Paulo, o Ruim/Péssimo de Bolsonaro saltou de 45% para 51% nesse último período. 24% avaliam o governo como regular e outros 24% como Bom/Ótimo.

Análise publicada pelo diretor-geral do Datafolha, Mauro Paulino, e pelo diretor de pesquisas do instituto, Alessandro Janoni, sobre o levantamento aponta que a derrubada nos índices está relacionada às denúncias de corrupção, que “minam último bastião da imagem de Bolsonaro”.

“Agora, depois da marca de mais de 500 mil mortes pela doença e com denúncias de corrupção no Ministério da Saúde, investigadas pela CPI da Covid no Senado, Bolsonaro tem novos arranhões em sua imagem e passa a ser reprovado pela maioria absoluta da população”, afirmam.

Notícias relacionadas

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Lucas Rocha é formado em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ e cursa mestrado em Políticas Públicas na FLACSO Brasil. Carioca, apaixonado por carnaval e pela América Latina, é repórter da sucursal do Rio de Janeiro da Revista Fórum e apresentador do programa Fórum Global

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR