Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
08 de dezembro de 2019, 06h40

Datafolha: Otimismo dos mais ricos com economia faz reprovação a Bolsonaro estancar

A taxa de desemprego vem diminuindo, mas nas regiões mais pobres do país mais da metade dos empregados ocupa vagas informais, sem carteira assinada

Bolsonaro e Paulo Guede (Foto: Alan Santos/PR)

De acordo com pesquisa Datafolha, publicada neste domingo (8), a taxa de aprovação à administração de Jair Bolsonaro oscilou de 29% para 30% na primeira semana de dezembro, dentro da margem de erro.

A taxa de reprovação ao governo, que tinha crescido de 30% para 38% nos primeiros oito meses depois da posse de Bolsonaro, agora oscilou negativamente para 36%, variação que também está dentro da margem de erro do instituto.

Não é sócio Fórum? Quer ganhar 3 livros? Então clica aqui.

O Datafolha captou sinais de que parte da população voltou a observar com otimismo a situação econômica. Segundo o Datafolha, 43% acham que ela vai melhorar nos próximos meses. Em agosto, 40% pensavam assim.

De acordo com o levantamento, o otimismo com a economia é maior entre os mais ricos do que nas camadas mais pobres da população, assim como os índices de popularidade do governo Bolsonaro.

As duas únicas áreas do governo cuja avaliação melhorou de forma significativa desde agosto, fora da margem de erro da pesquisa, estão ligadas ao desempenho da economia.

Segundo o Datafolha, a taxa de aprovação ao trabalho da equipe econômica do governo aumentou de 20% para 25%, e a do combate ao desemprego foi de 13% para 16%.

A taxa de desemprego vem diminuindo, com a criação de novos postos de trabalho, mas nas regiões mais pobres do país mais da metade dos empregados ocupa vagas informais, sem carteira assinada.

Bolsonaro, no entanto, ainda é visto com ceticismo por boa parte da população do país.

Segundo a pesquisa, 43% acham que seu governo será ótimo ou bom daqui para frente, mas 32% acham que ele será ruim ou péssimo e 22% preveem que seu desempenho será apenas regular nos próximos anos.

O Datafolha entrevistou 2.948 pessoas em 176 municípios do país na quinta (5) e na sexta (6). As entrevistas foram feitas pessoalmente, em locais de grande circulação.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum