De Naiara Azevedo a Neymar Pai: Veja famosos que prestigiaram ataque de Bolsonaro à imprensa

Deputado Daniel Freitas (PSL-SC) diz que artistas presentes em almoço "assinaram uma carta sinalizando apoio ao presidente Bolsonaro"

O presidente Jair Bolsonaro estava almoçando com um grupo de famosos nesta quarta-feira (27) no momento em que se irritou com a imprensa ao comentar sobre os dados que apontam um gasto de R$ 15 milhões em leite condensado no ano de 2020 por parte do Executivo Federal.

O objetivo do almoço seria discutir soluções para os setores de eventos, turismo e gastronomia, que foram afetados durante a pandemia do coronavírus.

Famosos como Naiara Azevedo, Neymar Pai e Sorocaba participaram do encontro, que ocorreu na churrascaria Vila Planalto, em Brasília. Em fotos que circulam nas redes sociais, também é possível constatar a presença do cantor Arnaldo, da dupla com Diego, o cantor Rick, da dupla com Renner, Amado Batista, Netinho e Marcão do Povo.

O encontro também contou com a presença de deputados e outras figuras do governo Bolsonaro, como Mario Frias, secretário especial de Cultura, e Fábio Farias, ministro das Comunicações.

No Instagram, o deputado federal bolsonarista Daniel Freitas (PSL-SC), que também participou do almoço, informou que os artistas presentes “assinaram uma carta sinalizando apoio ao presidente Bolsonaro”.

Foi neste encontro que Bolsonaro xingou a imprensa por questioná-lo sobre os gastos milionários com alimentos considerados supérfluos durante a pandemia do coronavírus.

“Quando eu vejo a imprensa me atacar, dizendo que eu comprei 2,5 milhões de latas de leite condensado… Vai para a puta que pariu, porra! É pra enfiar no rabo de vocês, imprensa”, disse o presidente.

Além dos custos do leite condensado, foram R$ 16,5 milhões com batata frita embalada, R$ 13,4 milhões com barras de cereais, R$ 21,4 milhões em iogurte natural, R$ 8 milhões em bombons, R$ 2 milhões em chicletes, entre outros.

Publicidade
Avatar de Luisa Fragão

Luisa Fragão

Jornalista.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR