Fórumcast, o podcast da Fórum
18 de setembro de 2019, 17h19

De olho no dinheiro do fundo partidário, Bolsonaro pode sair do PSL

Bolsonaro estaria em rota de colisão com o presidente do partido, Luciano Bivar, que não estaria disposto a abrir mão do comando da legenda

Bolsonaro e Luciano Bivar, presidente do PSL (Reprodução)

Em meio ao já evidente racha no partido, o presidente Jair Bolsonaro teria ameaçado deixar o PSL. As informações são do site O Antagonista. 

Segundo o veículo, que falou com assessores presidenciais, o motivo para a saída de Bolsonaro seria o desgaste com o presidente da sigla, Luciano Bivar. O capitão da reserva estaria de olho nos recursos do Fundo Eleitoral e do Fundo Partidário, e Bivar, que também tem interesse nos recursos, que podem somar até meio bilhão de reais, não estaria disposto a abrir mão do comando do partido.

Considerada uma legenda nanica até 2018, o PSL aumentou exponencialmente com a filiação de Jair Bolsonaro e passou a ser a segunda maior bancada da Câmara e no Senado. Ao longo dos quase dez meses de governo, no entanto, intrigas internas têm abalado cada vez mais a base do governo.

O deputado federal Alexandre Frota, por exemplo, que era um dos nomes fortes do bolsonarismo, trocou o PSL pelo PSDB. Já no Senado, Selma Arruda, que é conhecida como “Moro de saias”, saiu do partido do presidente e foi para o Podemos. Isso sem falar na articulação de Major Olímpio (PSL-SP) para que o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) deixe a legenda.

O Antagonista especula ainda que ao menos 18 deputados do PSL pensam sair da agremiação.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum