Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
14 de dezembro de 2019, 16h30

De saída, Weintraub comete gafe ao criticar “antessessores”

O ministro da Educação estava batendo boca com olavistas, que antes eram a sua principal base de sustentação

Abraham Weintraub (Foto: Reprodução/Twitter)

Em bate-boca virtual com aliados de Olavo de Carvalho após tomar a decisão de acabar com a TV Escola, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, cometeu uma gafe gramatical na hora de escrever a palavra antecessores, na madrugada deste sábado (14).

“Agora, lido com compromissos de ‘antessessores’ e tento mitigar os impactos através de programas como Literacia Familiar do professor Nadalim”, escreveu o ministro em crítica direcionada à olavista Bruna Luiza, ex-funcionária do MEC. Com o erro, ele apagou a mensagem e publicou outra sem o uso da palavra: “Bruna Luiza estava no MEC e deixou acontecer a BNCC. Vejam abaixo quando foi lançada (1 semana antes de que eu tomasse posse). EU NÃO ESTAVA NO MEC. Tenho mitigado seus efeitos com ações como a Literacia Familiar do professor Nadalim”.

Reprodução

Luiza, que questionava o rompimento de contrato com a Associação Roquette Pinto e a BNCC, respondeu e ironizou a ortografia de Weintraub, que parece estar de saída do MEC. “Vamos lá, então: antecessores é com C e depois SS. Se alfabetize. A BNCC foi homologada em 2018, pelo Mendonça Filho, e eu nada tive a ver com isso. Por fim, você abriu o MEC para os globalistas, para as fundações do Soros. Agora assuma as consequências do que fez”, disse.

O jornalista Guga Noblat também ironizou Weintraub. “O ministro da educação que precisa voltar para a classe de alfabetização”, tuitou.

Segundo especulações dos bastidores, o ministro não voltará para o posto após suas férias, iniciadas neste sábado.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum