No rastro do crime ambiental nas praias do Nordeste
20 de setembro de 2018, 22h44

Debate Aparecida: Haddad escancara aliança entre PSDB de Alckmin e Temer

"Você deveria deveria ler a entrevista do presidente do seu partido, que assumiu que sabotou o governo Dilma desde a eleição", afirmou Haddad ao rebater as acusações de Alckmin de ter sido o PT que "colocou o Temer na presidência". Candidato do PT garantiu ainda que revogará a reforma trabalhista e a PEC do Teto dos Gastos, aprovadas por Temer e PSDB

Reprodução

Em seu primeiro embate no debate promovido pela CNBB e pela TV Aparecida na noite desta quinta-feira (20), o candidato do PT, Fernando Haddad, escancarou a aliança entre o PSDB, partido de Geraldo Alckmin, e o governo Temer, tão criticado nos programas eleitorais do tucano.

O petista perguntou a Alckmin sua opinião sobre a reforma trabalhista, a terceirização irrestrita e a PEC do Teto de Gastos, três medidas implantadas pelo governo Temer com o apoio do PSDB.

Alckmin, então, fez uma defesa das medidas mas, para se desvencilhar do governo Temer, rebateu: “Quem escolheu o Temer foi o PT”.

Haddad aproveitou, então, para prometer que revogará todas as medidas citadas, deixando claro que elas foram apoiadas pelo partido de Alckmin. “Rapidamente vamos revogar a reforma trabalhista, que prejudica o trabalhador. Somos contra a terceirização. Terceirização fragiliza o trabalho diante do capital. Isso é prática do PSDB. Somos contra a PEC do Teto de Gastos, que congela gastos com saúde e educação. Por isso que o serviço publico durante o governo Temer/PSDB vem entrando em colapso”, pontuou.

O petista concluiu sua réplica lembrando as declarações do ex-presidente do PSDB, Tasso Jereissati, que confessou ter sido um “erro” ter apoiado o governo Temer. “Quem colocou o Michel Temer noo governo foi o PSDB, quando se aliaram para derrubar a Dilma. Para terminar o senhor deveria ler a entrevista do ex-presidente do seu partido. Assumiu que sabotou o governo desde a eleição. Aprovou medidas que o próprio PSDB era contra”.

Assista ao debate ao vivo aqui.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum