Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
26 de março de 2019, 21h03

Defensoria Pública da União pede liminar para proibir celebração do golpe

A DPU solicita a obtenção de uma liminar para que as Forças Armadas se abstenham de comemorar o 31 de março, proibindo o uso de dinheiro público

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

A Defensoria Pública da União (DPU) ingressou nesta terça-feira (26) na Justiça Federal, em Brasília, com uma ação civil pública com pedido de tutela provisória de urgência contra a União pela orientação de Jair Bolsonaro, no sentido de que seja celebrado o “aniversário” do golpe militar de 1964 nos quartéis.

A DPU pede a obtenção de uma liminar para que as Forças Armadas “se abstenham de levar a efeito qualquer evento em comemoração à implantação da ditadura no Brasil”, proibindo, principalmente, a utilização de dinheiro público. Caso contrário, haverá multa.

“Resta claro, portanto, que caso o presidente decidisse instituir uma nova data comemorativa nacional seria necessário, no mínimo, uma convergência de vontades, respeitando o princípio da separação de poderes, previsto no artigo 2º do nosso texto constitucional. Considerando que o pilar democrático é a harmonia e independência entre os Poderes, não poderia o Chefe do Executivo, deliberadamente, incentivar ou permitir comemorações oficiais ao arrepio da lei, do Congresso Nacional e, em última escala, da sociedade”, diz a Defensoria.

A ação é assinada pelo defensor regional de Direitos Humanos da Defensoria Pública da União no Distrito Federal (DPU/DF), Alexandre Mendes Lima de Oliveira, pelos defensores públicos federais Alexandre Benevides Cabral, Amadeu Alves de Carvalho Júnior, Thais Aurélia Garcia e pela consultora jurídica em direitos humanos, Fernanda Cristinne de Paula.

Vejam aqui o pedido da DPU

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum