sexta-feira, 18 set 2020
Publicidade

Delator de Lula, Léo Pinheiro paga R$ 45 milhões à Lava Jato para cumprir pena em casa

O empreiteiro Léo Pinheiro – que mudou sua delação para incriminar o ex-presidente Lula no caso Triplex do Guarujá – pagou R$ 45 milhões no acordo firmado com a Lava Jato para cumprir a sentença, de 5 anos de prisão, na casa confortável onde vive na capital paulista.

Os termos do acordo do ex-presidente da OAS com a Procuradoria-Geral da República, assinados no fim de 2018 e homologados pelo Supremo Tribunal Federal (STF), foram divulgados nesta quinta-feira (31). O ex-presidente da OAS está em casa desde setembro, após audiência na 12ª Vara Federal de Execuções Penais de Curitiba.

O acordo estabelece que Pinheiro use tornozeleira eletrônica e só saia de casa em casos de emergência comunicados à Justiça. Terá autorização para trabalhar na própria casa e para receber visitas de até 15 pessoas que listará à Justiça.

Ele também precisa ficar afastado por 15 anos de atividades profissionais que mantenham relações com agentes públicos ou que contratem o poder público.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.