O que o brasileiro pensa?
16 de junho de 2020, 14h39

Deltan Dallagnol comemora redução no número de brasileiros que não apoiam golpe e apanha nas redes

"Fala isso diretamente para o presidente. Talvez com um power point ele entenda", comentou um dos seguidores

Procuradores da Lava Jato em pose para a Veja (Arquivo)

Um dos artífices do golpe que 2016, que tirou destituiu Dilma Rousseff (PT) da Presidência, Deltan Dallagnol está apanhando nas redes sociais após comemorar em publicação no Twitter nesta terça-feira (16) a queda no número de brasileiros que apoiariam um golpe militar no país.

“O procurador criminoso que ajudou a eleger o fascista não vê com bons olhos a queda dele”, comentou Manuell Carneiro.

Na publicação, Deltan mostra dados da pesquisa divulgada pelo jornal Valor Econômico, do grupo Globo, que mostram que houve uma queda de 47,8% para 29,2% entre 2018 e 2020 entre aqueles que apoiariam um golpe militar diante de “muita corrupção”.

“Cada vez mais gente – ainda bem – tem consciência de que a democracia é o caminho para um país melhor”, diz o procurador, chefe da Lava Jato.

Os seguidores se revoltaram com a posição de Dallagnol. “Até pq o último golpe lavajatista midiático foi uma bela de uma ótima aventura né, Delta”, escreveu Henrique Gonçalves.

“Fala isso diretamente para o presidente. Talvez com um power point ele entenda”, tuitou o perfil @deathscheater.

Veja mais repercussões


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum