Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
08 de fevereiro de 2019, 11h17

DEM gastou quase R$ 1 milhão em jatinhos particulares para eleger presidentes da Câmara e Senado

Remanescente da antiga Arena, que deu sustentação à Ditadura Militar, o DEM não economizou para voltar ao poder na Câmara e Senado no governo Bolsonaro

Os presidentes do STF, Dias Toffoli, da Câmara, Rodrigo Maia, do Senado, Davi Alcolumbre, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, e o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (Foto: Agência Brasil)

Remanescente da antiga Aliança Renovadora Nacional (Arena), partido que deu sustentação à Ditadura Militar, o DEM não economizou sola de sapato – e nem gasto com qualquer outro deslocamento – para voltar ao poder nas duas casas legislativas para comandar os projetos políticos do governo Jair Bolsonaro (PSL) entre os parlamentares.

Reportagem de Thais Bilenky, na edição desta sexta-feira (8) da Folha de S.Paulo, revela que apenas com as viagens em aviões particulares, Rodrigo Maia (DEM/RJ), eleito na Câmara, e Davi Alcolumbre (DEM/AP), que comanda agora o Senado, gastaram R$ 880 mil no mês de dezembro para convencerem parlamentares sobre as candidaturas. Houve ainda gastos com material gráfico de Maia, cujo total não foi repassado à reportagem.

“Davi botou o peito na água no início de dezembro, foi a 19 estados, trabalhou incansavelmente 20 horas por dia e recebeu”, bradaria Onyx, depois da vitória, segundo a reportagem.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum