O que o brasileiro pensa?
08 de fevereiro de 2020, 09h34

Denunciado por garota que expôs em fotos íntimas, publicitário diz que não vai mais para Secom

Revelação de fotos íntimas de Luiz Galeazzo causou mal-estar no Planalto

Luiz Galeazzo/Reprodução

O publicitário e influenciador bolsonarista, Luiz Galeazzo, indicado para a diretoria de canais digitais da Secom, afirmou no Instagram nesta sexta (7) para um jornalista do Estadão que não assumirá mais o cargo.

“Meu nome foi apenas um de muitos sondados para o cargo. Mas no final não rolou. Para mim não valeria a pena, tanto financeiramente quanto pela mudança de cidade, estilo de vida, etc.”, disse o publicitário.

Foto: Reprodução

Ao ser indicado para o cargo na Secom chefiada por Fabio Wajngarten, Luiz foi exposto na internet por ataques machistas que fez e imagens de um ménage à trois com duas garotas foram vazadas pelo deputado Alexandre Frota.

Rafaela Artner, uma das mulheres expostas em foto íntima divulgada por Luiz Galeazzo e posteriormente por Alexandre Frota na Câmara dos Deputados, abriu o jogo sobre o ex-namorado. Segundo ela, Luiz postava fotos íntimas de várias mulheres e enviava aos amigos, traí, mentira e cometia abusos psicológicos.

A informação dada por Luiz Galeazzo de que ele não assumirá mais o posto na Secom foi publicada no Instagram depois do mal-estar que ocorreu no Planalto com sua indicação, o que fez Jair Bolsonaro reavaliar a decisão, e o vazamento de novas informações feito por uma das mulheres da foto.

Um dia antes, Luiz postou no Instagram que estava pronto para ir até Brasília. Hoje o comentário foi apagado.

Com informações do DCM

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum