Fórum Educação
10 de março de 2020, 19h33

Depois de afirmar “ter provas”, Bolsonaro desconversa sobre suposta fraude eleitoral

O TSE chegou a soltar nota contra o presidente por conta de declaração para apoiadores

Jair Bolsonaro (Foto: Carolina Antunes/PR

Em coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira (10), o presidente Jair Bolsonaro recuou e não falou em “provas” de que a eleição de 2018 foi fraudada. O mandatário disse apenas que não confia na Justiça Eleitoral.

“Eu quero que você me ache um brasileiro que confie no sistema eleitoral brasileiro”, declarou o ex-capitão.

Na segunda-feira, o presidente afirmou em discurso para apoiadores que as eleições de 2018 haviam sido fraudadas e ele teria ganho em primeiro turno.

“Minha campanha, eu acredito que, pelas provas que tenho em minhas mãos, que vou mostrar brevemente, eu tinha sido, eu fui eleito no primeiro turno, mas no meu entender teve fraude”, disse Bolsonaro, em um discurso em Miami.

A declaração fez o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) publicar uma resposta ao presidente. “O Tribunal Superior Eleitoral reafirma a absoluta confiabilidade e segurança do sistema eletrônico de votação e, sobretudo, a sua auditabilidade, a permitir a apuração de eventuais denúncias e suspeitas, sem que jamais tenha sido comprovado um caso de fraude, ao longo de mais de 20 anos de sua utilização”, disse em nota.

“Eleições sem fraudes foram uma conquista na democracia do Brasil e o TSE garantirá que continue assim”, acrescenta a nota.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum