Fórumcast, o podcast da Fórum
17 de setembro de 2019, 22h05

Depois de polêmica, Carlos Bolsonaro volta a criticar “lentidão” de projetos

"O Brasil está aflito com as pautas que andam muito lentamente e impossibilitam o país de avançar", publicou Carluxo, que antes havia afirmado que a população não veria mudanças por vias democráticas

Foto: Reprodução/ Instagram

Após concordância do presidente Jair Bolsonaro, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) foi mais uma vez ao Twitter, nesta terça-feira (17), reclamar que pautas do governo tem andado “muito lentamente”. Há cerca de duas semanas, o filho “02” do presidente defendeu o rompimento democrático para que “a transformação que o Brasil quer” aconteça, e recebeu críticas de diversos setores, inclusive do vice-presidente Hamilton Mourão. Para o presidente da República, o filho disse “o óbvio”.

“O Brasil está aflito com as pautas que andam muito lentamente e impossibilitam o país de avançar! Não podemos deixar serem abafados. Pacote anti-crime, votação de MPs, projetos e reformas fundamentais para gerarmos empregos e atrair investidores! Vamos Brasil”, disse o vereador em postagem que remete à anterior.

No dia 09 de setembro ele postou a seguinte mensagem: “Por vias democráticas a transformação que o Brasil quer não acontecerá na velocidade que almejamos… e se isso acontecer. Só vejo todo dia a roda girando em torno do próprio eixo e os que sempre nos dominaram continuam nos dominando de jeitos diferentes!”.

A publicação foi vista por muitas pessoas como uma defesa de um golpe de Estado e gerou críticas da oposição, de Mourão e dos presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Davi Alcolumbre (DEM-SP). “As instituições estão todas pujantes, trabalhando a favor do Brasil. Então, uma manifestação ou outra em relação a esse enfraquecimento tem da minha parte o meu desprezo”, disse Alcolumbre.

No entanto, o presidente Jair Bolsonaro não viu nada demais no que foi dito e falou que Carlos publicou “o óbvio”. “É uma opinião dele e ele tem razão”, declarou em entrevista à TV Record.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum