Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
10 de janeiro de 2020, 18h34

Deputada Talíria Petrone (PSOL) é inocentada em ação movida por deputado bolsonarista

Carlos Jordy (PSL-SP) a acusava de difamação por chamá-lo de "representante da direita fascista"

Foto: Dani Assis/Chama

A deputada federal Talíria Petrone (PSOL-RJ) foi inocentada em uma ação judicial movida pelo deputado Carlos Jordy (PSL-RJ). A decisão veio à público nesta sexta-feira (10) através da coluna de Mônica Bergamo.

Na ação, o parlamentar bolsonarista acusava Petrone de difamação por conta de uma entrevista na qual a deputada chamou Jordy de “fascista”, em 2016.

À época, ambos eram vereadores e Petrone afirmou, em entrevista, que Jordy era um “representante da direita fascista”. A decisão, em favor da deputada, considerou que o comentário se deu “não em razão da sua pessoa, mas em razão da ideologia” que possui, e que atualmente a atribuição “é usual e rotineira nas redes sociais”.

Pelo Twitter, a deputada do PSOL comentou a sentença: “Eles tentam nos intimidar. Mas não recuamos”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum