Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
13 de março de 2019, 09h21

Deputado do PSL/SP lança UNE Conservadora para levar Bolsonaro e doutrinação olavista a estudantes

Durante a programação do 1º Encontro da União Nacional dos Estudantes Conservadores (Unecon) haverá uma competição chamada "vá estudar história", que premiará o vencedor com o livro "A Verdade Sufocada", do coronel torturador Carlos Alberto Brilhante Ustra

Douglas Garcia e Alexandre Frota (Reprodução/Facebook)

Alçado à Assembleia Legislativa de São Paulo após se tornar a voz da juventude de direita na periferia, o deputado estadual Douglas Garcia (PSL/SP), de 25 anos, está comandando a criação da União Nacional dos Estudantes Conservadores (Unecon) para levar a doutrinação de Olavo de Carvalho e ser um braço de apoio ao governo Jair Bolsonaro entre estudantes.

Olavo, diz Garcia, terá na Unecon uma aliada inconteste. “O professor foi muito importante na minha formação intelectual”, disse a Fábio Zanini, na edição desta quarta-feira (13) da Folha de S.Paulo.

“Bolsominion com orgulho”, Garcia organizou o primeiro evento para criação da entidade, que acontece no sábado (16), em São Paulo.

Durante a programação do 1º Encontro da União Nacional dos Estudantes Conservadores (Unecon) haverá uma competição chamada “vá estudar história”, que premiará o vencedor com o livro “A Verdade Sufocada”, do coronel torturador Carlos Alberto Brilhante Ustra.

Temas como o “envenenamento da juventude pelas ideologias totalitárias”, “a supressão dos estudantes conservadores no ambiente acadêmico” e “como organizar estudantes conservadores nas instituições de ensino” serão destaque no evento – o último destes, estará a cargo do próprio Garcia.

Segundo o deputado, os estudantes conservadores não querem substituir a UNE (União Nacional dos Estudantes), mas tomá-la por dentro, agindo como uma espécie de “partido” da direita estudantil. No curto prazo, pretendem controlar alguns centros acadêmicos e grêmios estudantis.

Nisso, pretendem se diferenciar do braço estudantil do MBL (Movimento Brasil Livre), dando apoio total a Bolsonaro. “O MBL muitas vezes é progressista nos costumes. Nós somos conservadores sempre”, diz Garcia.

Estudante de Direito na Unip, Garcia é cria dos movimentos de junho de 2013. Em 2016 aproximou-se de Bolsonaro, criou o Direita SP e chegou a promover um bloco de Carnaval que apoiava abertamente a ditadura, o Porão do Dops, depois barrado pelo Ministério Público.

No ano passado foi escolhido pelo PSL como um de seus candidatos à Alesp. Eleito com 74 mil votos, será o deputado estadual mais jovem na Casa.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum