quarta-feira, 23 set 2020
Publicidade

Deputado do PSL/SP lança UNE Conservadora para levar Bolsonaro e doutrinação olavista a estudantes

Alçado à Assembleia Legislativa de São Paulo após se tornar a voz da juventude de direita na periferia, o deputado estadual Douglas Garcia (PSL/SP), de 25 anos, está comandando a criação da União Nacional dos Estudantes Conservadores (Unecon) para levar a doutrinação de Olavo de Carvalho e ser um braço de apoio ao governo Jair Bolsonaro entre estudantes.

Olavo, diz Garcia, terá na Unecon uma aliada inconteste. “O professor foi muito importante na minha formação intelectual”, disse a Fábio Zanini, na edição desta quarta-feira (13) da Folha de S.Paulo.

“Bolsominion com orgulho”, Garcia organizou o primeiro evento para criação da entidade, que acontece no sábado (16), em São Paulo.

Durante a programação do 1º Encontro da União Nacional dos Estudantes Conservadores (Unecon) haverá uma competição chamada “vá estudar história”, que premiará o vencedor com o livro “A Verdade Sufocada”, do coronel torturador Carlos Alberto Brilhante Ustra.

Temas como o “envenenamento da juventude pelas ideologias totalitárias”, “a supressão dos estudantes conservadores no ambiente acadêmico” e “como organizar estudantes conservadores nas instituições de ensino” serão destaque no evento – o último destes, estará a cargo do próprio Garcia.

Segundo o deputado, os estudantes conservadores não querem substituir a UNE (União Nacional dos Estudantes), mas tomá-la por dentro, agindo como uma espécie de “partido” da direita estudantil. No curto prazo, pretendem controlar alguns centros acadêmicos e grêmios estudantis.

Nisso, pretendem se diferenciar do braço estudantil do MBL (Movimento Brasil Livre), dando apoio total a Bolsonaro. “O MBL muitas vezes é progressista nos costumes. Nós somos conservadores sempre”, diz Garcia.

Estudante de Direito na Unip, Garcia é cria dos movimentos de junho de 2013. Em 2016 aproximou-se de Bolsonaro, criou o Direita SP e chegou a promover um bloco de Carnaval que apoiava abertamente a ditadura, o Porão do Dops, depois barrado pelo Ministério Público.

No ano passado foi escolhido pelo PSL como um de seus candidatos à Alesp. Eleito com 74 mil votos, será o deputado estadual mais jovem na Casa.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.