Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
22 de fevereiro de 2019, 08h23

Deputado ‘ex-gay’ quer criar ‘Dia Nacional do Orgulho Heterossexual’, para “evitar o sangue na canela”

“Se nada for feito para impedir, muito em breve tornar-se-á crime ser ou se declarar heterossexual”, disse o deputado que se declara ex-gay

Foto: Reprodução/Facebook

O deputado Federal, pastor sargento Isidório (Avante – BA), apresentou nesta quarta-feira (20), o projeto de lei que institui o ‘Dia Nacional do Orgulho Heterossexual’, que deverá ser comemorado anualmente, no terceiro domingo de dezembro.

Chama a atenção a justificativa do pastor sargento para o projeto. Ele quer “evitar o sangue na canela”, caso, inexplicavelmente, “criminalize-se a homofobia”.

“Se nada for feito para impedir, muito em breve tornar-se-á crime ser ou se declarar heterossexual”, disse.

“Nós, legisladores, nos preocupamos com a preservação da tartaruga, do macaco prego, da baleia, dentre outros animais em risco de extinção. Por óbvio, é de suma importância centrar atenção também em nós seres humanos machos e fêmeas”, disse ainda o deputado.

O PL n. 925/2019, aguarda despacho do presidente da casa Rodrigo Maia (DEM), para ser votado.

Ex-Gay

O pastor Sargento Isidório alcançou 323.264 votos para deputado federal e tornou-se o candidato com melhor desempenho em seu estado. Apelidado pela imprensa como “Daciolo da Bahia”, o político evangélico – que se apresenta como “ex-gay” – é parte de um seleto grupo de parlamentares que alcançou votação necessária para se eleger sem influência do coeficiente eleitoral.

Com informações da coluna Radar, da Veja


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum