O que o brasileiro pensa?
20 de maio de 2019, 16h35

Deputado por 28 anos, Bolsonaro diz que “grande problema” do Brasil é a classe política

Declaração vem às vésperas de manifestações convocadas por apoiadores do presidente, entre eles aqueles que pregam o fechamento de instituições como o STF e o Congresso

Foto: Alan Santos/PR

Em evento realizado na Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), na tarde desta segunda-feira (20), o presidente Jair Bolsonaro voltou a justificar as dificuldades que tem encontrado para governar com ataques à classe política brasileira. O capitão da reserva foi deputado federal por 28 anos.

“O Brasil é um país maravilhoso, que tem tudo para dar certo. Mas o grande problema é nossa classe política”, afirmou, endossando o conteúdo do texto que compartilhou na última semana em que tratava sobre as “pressões” externas que vêm abalando seu governo.

“Cada vez que eu toco o dedo em uma ferida, um exército de pessoas influentes vira contra mim, buscam de todas as maneiras me desacreditar”, completou.

A declaração de Bolsonaro vem em às vésperas das manifestações convocadas por parte da direita para o dia 26 em defesa do atual governo. A ideia da mobilização, organizada pelo núcleo ligado ao governo que atua nas redes sociais, é mostrar que o presidente, supostamente, tem “força”, e expor apoio a pautas defendidas por Bolsonaro como a reforma da Previdência.

Entre os covocadores das manifestações, no entanto, estão radicais que pregam a ruptura democrática através do fechamento de instituições como o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Congresso, maior representante da “classe política” criticada pelo capitão da reserva.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum