quarta-feira, 23 set 2020
Publicidade

Deputado que quebrou placa de Marielle, Daniel Silveira cospe em mulher durante visita a universidade

Ganhou repercussão nas redes sociais nesta segunda-feira (9) um vídeo em que o deputado federal Daniel Silveira aparece xingando e cuspindo em uma estudante universitária da Estácio de Sá no Rio de Janeiro. O caso aconteceu na sexta-feira (6) e foi inicialmente publicado em veículos ligados à extrema-direita como um gesto de valentia do parlamentar contra a jovem, que se diz militante do PSOL.

“Deputado do PSL, Daniel Silveira, cospe em mulher. Esse bombado… que quebrou a placa da Marielle Franco típico mascu”, publicou Luciana Thomé em seu Twitter.

O deputado estadual Carlos Minc (PSB-RJ) foi um dos que compartilhou o vídeo e condenou o episódio. “Machista truculento. Que vergonha alheia! Quebra de decoro!”, tuitou.

Em resposta às críticas que recebeu, Silveira disse que o vídeo foi cortado e apenas revidou. “Esquerda lixo, desculpem a redundância, cortou o video em que a louca psolenta cospe em mim, colocando apenas meu revide e acha que vai colar”, disse.

No vídeo completo, publicado pelo parlamentar, ele aparece intimidando a jovem dentro de sua universidade e xingando o PSOL. Ela reage com um cuspe e, em seguida, leva uma cusparada do deputado federal. Na sexta-feira, ele citou as Leis de Newton e disse que “toda ação tem uma reação”.

Silveira é conhecido pela sua truculência e destempero. Famoso pelo episódio em que quebrou placa da vereadora Marielle Franco durante as eleições, ele já protagonizou um conflito com o jornalista Guga Noblat. O parlamentar arremessou o telefone celular do comunicador.

https://twitter.com/luththome/status/1204162361185243136

Sobre a militante do Psol que me atacou e cuspiu na faculdade.

Publicado por Dep. Federal Daniel Silveira em Sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.