Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
16 de outubro de 2019, 14h10

Deputado retira indiciamento de Lula e Dilma de relatório final da CPI do BNDES

CPI foi instalada em março para investigar a prática de atos ilícitos e irregulares no âmbito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social ocorridos entre 2003 e 2015 e relacionados à internacionalização de empresas brasileiras

Altineu Cortês, relator da CPI do BNDES (Cleia Viana/Câmara dos Deputados)

O deputado Altineu Cortês (MDB-RJ) retirou nesta quarta-feira (16) o indiciamento dos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff e de pessoas ligadas à JBS do parecer final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do BNDES.

A CPI foi instalada em março para investigar a prática de atos ilícitos e irregulares no âmbito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social ocorridos entre 2003 e 2015 e relacionados à internacionalização de empresas brasileiras.

Relator da CPI, Cortês chegou a listar Lula e Dilma no documento final, mas retirou após pressão da bancada petista.

O deputado disse que a CPI não poderia “terminar em pizza”, por causa do risco de o relatório ser derrubado e a comissão ser encerrada sem nenhum indiciamento.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum