Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
05 de novembro de 2019, 17h18

Deputados da oposição apresentam pedido de cassação de Eduardo Bolsonaro por apologia à tortura

Na semana passada, o filho do presidente declarou que se houver uma “radicalização da esquerda”, o governo poderá editar um novo AI-5

Foto: Reprodução/TV Senado

Após ser citado em uma queixa-crime no Supremo Tribunal Federal (STF), o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) é alvo agora de uma representação no Conselho de Ética para ter seu mandato cassado. Motivo: apologia à ditadura militar.

“Deputados do PSOL, PCdoB e PT estão indo no Conselho de Ética para oficializar o pedido de cassação do Eduardo Bolsonaro pela afronta à Constituição e ao Estado de Direito ao defender um novo AI-5 e devido ao discurso realizado no plenário da Câmara em que fez apologia ao golpe”, tuitou o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ), nesta terça-feira (5).

Na semana passada, em entrevista concedida à jornalista Leda Nagle, o filho do presidente afirmou que se houver uma “radicalização da esquerda”, o governo poderá editar um novo Ato Institucional Número 5 (AI-5), se referindo à medida mais restritiva do regime militar, promulgado em 1968.

Antes da entrevista, Eduardo havia subido ao plenário da Câmara para declarar que “a história poderia se repetir”, em alusão ao golpe militar de 1964.

Convocação

Vice-líder do PCdoB, o deputado federal Márcio Jerry defendeu, nesta terça-feira, que Eduardo explique, na Câmara dos Deputados, as recentes incitações ao retorno da ditadura no Brasil.

“Eduardo Bolsonaro vai ter que responder também no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara por sua pregação antidemocrática e de apologia à ditadura. Defender a democracia sempre! Total repúdio aos que afrontam a nossa Constituição, pregando a volta da ditadura. #DitaduraNuncaMais”, reivindicou o parlamentar maranhense.

Nesta segunda-feira (4), parlamentares da Rede também apresentaram um pedido de cassação do mandato do atual líder do PSL por quebra de decoro parlamentar, em razão da mesma fala.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum