Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
04 de novembro de 2019, 06h36

Deputados de SP querem rejeitar “auxílio-veículo” que dá R$ 4,2 mil para aluguel de carros

O valor seria acrescentado aos cerca de R$ 33 mil de verba de gabinete de cada deputado, gerando um custo anual de R$ 5 milhões aos cofres públicos

Foto: Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo

Deputados estaduais do Novo e outros partidos se reuniram para rejeitar a proposta em tramitação na Assembleia Legislativa de SP (Alesp) que dá aos parlamentares paulistas cerca de R$ 4,2 mil para alugarem carros, caso decidam abrir mão dos veículos oficiais oferecidos pela casa.

O valor seria acrescentado aos cerca de R$ 33 mil de verba de gabinete, gerando um custo anual de R$ 5 milhões aos cofres públicos. O projeto é de autoria da mesa diretora da casa e deve ser avaliado nesta terça-feira (5). Informação é da coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S.Paulo.

Os quatro deputados da bancada do Novo abriram mão do carro oficial e alegaram que seria mais adequado que o custo com o aluguel de carros fosse descontado da verba de gabinete já existente, sem que houvesse um acréscimo de gastos. Ainda, disseram que o valor de R$ 4.244 elevado.

Em 2018, a Alesp gastou R$ 1,8 milhão com a manutenção dos automóveis oficiais, todos da marca Chevrolet Cruze. Segundo a assessoria da casa, o objetivo do “auxílio-veículo” é extinguir a frota parlamentar em um ano. Os carros serão doados ao Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo.

 

 

 

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum