quinta-feira, 24 set 2020
Publicidade

Deputados entram com novo pedido de liberdade para Lula no STJ

Os deputados petistas Wadih Damous(RJ), Paulo Pimenta (RS) e Paulo Teixeira (SP) entraram com novo pedido de liberdade para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Superior Tribunal de Justiça (STJ), nesta quarta-feira (3).

Segundo eles, a decisão do Comitê de Direitos Humanos da ONU, que pediu ao Estado brasileiro para que Lula pudesse se candidatar à Presidência da República, é um “fato novo” a ser considerado. No texto, eles afirmam que a decisão de libertar Lula, concedida pelo desembargador Rogério Favreto no dia 8 de julho, seja mantida. A decisão causou um embate entre membros do judiciário.

No habeas corpus, os parlamentares ainda incluíram um pedido para Lula conceder entrevistas e, caso ele não seja solto, que seja transferido para cumprir pena em São Paulo.

“A determinação de transferência imediata para a cidade de Curitiba não visa ao mero ‘cumprimento’ de pena, mas sim à apropriação de seu corpo físico pelas autoridades que o condenaram. O objeto imediato parece ser a exploração da humilhação pública a ser sofrida por ele, relacionada ao desejo da ‘República de Curitiba’ em expor ao público seu prêmio conquistado e, porque não dizer, ao gozo sádico daqueles que desejam o sofrimento do ex-presidente?”, diz a peça.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.