Descontrolado, Bolsonaro chama ministro do STF de “imbecil”; veja o vídeo

Sem provas, presidente diz ter convicção de que Aécio venceu Dilma nas eleições de 2014: “cara coroa, cara coroa, cara coroa”

O presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) voltou a questionar a lisura das urnas, na manhã desta sexta-feira (9), ao falar para admiradores no cercadinho do Palacio da Alvorada. Na ocasião, ele chamou o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, magistrado que fez críticas ao voto impresso, de “idiota” e “imbecil”.

“Só um idiota para fazer isso aí. É um imbecil. Não pode um homem querer decidir o futuro do Brasil na fraude”, disse.

Barroso afirmou na última terça-feira que “o manuseio do voto sem filmagem nos reconduz ao filme de terror que nós vivíamos antes”. De acordo com ele, “o manuseio humano sempre foi o foco de todas as fraudes. A história brasileira com o voto em papel é uma história trágica”, disse em palestra de abertura do “Simpósio Interdisciplinar sobre o Sistema Político Brasileiro & XI Jornada de Pesquisa e Extensão da Câmara dos Deputados“.

Bolsonaro voltou a dizer também que a eleição de Dilma Rousseff, em 2014, foi fraudada. “De minuto a minuto, no segundo turno do Aécio Neves, começou ele lá em cima e a Dilma lá embaixo. E como tempo, essas curvas foram se cruzando até que se estabilizaram na horizontal com a Dilma na frente”, disse.

“Agora, o minuto a minuto por 271 vezes consecutivas, dá pra imaginar? 271 vezes consecutivas. Dá quatro horas e pouco, minuto a minuto. Minutos antes das curvas se tocaram era Dilma ganhou, Aécio ganhou, Dilma ganhou, Aécio ganhou. Por 271 vezes. É você jogar uma moeda 271 vezes pra cima e da cara e coroa, cara e coroa, cara e coroa. Isso deve ser a quantidade de átomos aqui na terra. Então isso é fraude, é fraude. É roubalheira”, encerrou.

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR