#Fórumcast, o podcast da Fórum
16 de outubro de 2019, 17h34

Desentendimento na Corte: Toffoli cobra respeito aos colegas e Barroso o chama de “deselegante”

A discussão teve início quando Barroso e Alexandre de Moraes divergiam sobre o papel do STF nas punições a partidos com problemas na prestação das contas

Foto: Nelson Jr./STF

Uma discussão marcou a sessão do Supremo Tribunal Federal (STF), nesta quarta-feira (16). O presidente da Corte, Dias Toffoli, chegou a pedir a Luís Roberto Barroso para respeitar os colegas ministros. A resposta veio rápida: “Vossa Excelência está sendo deselegante”.

O desentendimento teve início quando Barroso e Alexandre de Moraes divergiam sobre o papel do STF nas punições a partidos com problemas na prestação das contas.

Moraes se pronunciou dizendo que muitos partidos não prestam contas e que cabe ao Congresso Nacional definir novas leis com eventuais punições.

Barroso discordou e disse que “a crença de que dinheiro público é dinheiro de ninguém é o que atrasa o país”.

Toffoli entrou na conversa e pediu a Barroso para respeitar os colegas. Foi quando Barroso rebateu:

“Eu sempre respeito os colegas. Eu estou emitindo minha opinião. Vossa Excelência está sendo deselegante com um colega que é respeitoso com todo mundo. Eu disse apenas que a Constituição impõe o dever de prestação de contas”, disse.

Suspensão

Após o bate-boca, o julgamento foi suspenso, porque Barroso pediu vista, o que representa mais tempo para analisar o processo.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum