Desesperado e em queda nas pesquisas, Russomano ataca Boulos com mentiras

Além de afirmar que Boulos invade casas e cobra aluguéis, ele disse ainda que a caixa de supermercado humilhada por ele em 2006 foi contratada pela campanha do Psol

Bateu o desespero. Pela terceira eleição em seguida, o candidato Celso Russomano (Republicanos) se vê em queda livre nas pesquisas. Diante da cada vez mais eminente possibilidade de, mais uma vez, ficar fora do segundo turno na corrida para a Prefeitura de São Paulo, o candidato resolveu ir pra cima de Guilherme Boulos (Psol), que o ameaça na segunda colocação.

Para tal, Russomano gravou um vídeo com graves mentiras contra o oponente. Além de afirmar que Boulos invade casas e cobra aluguéis, ele disse ainda que a caixa de supermercado humilhada por ele em 2006 foi contratada pela campanha do Psol. O partido, em nota, nega a informação.

Boulos chegou a se encontrar com a funcionária. Pesquisas internas da campanha identificaram que o episódio viralizou na periferia, onde teve péssima repercussão para Russomanno.

“Manipular os humildes é tão feio quanto invadir casa”, diz o marqueteiro da campanha Elsinho Mouco, em alusão à atuação de Boulos como líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST).

Na quinta-feira à noite, Russomanno já publicou nas redes sociais recortes de notícias que associavam Boulos, entre outros temas, a invasões do MST.

Com informações do Globo

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.