Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
18 de fevereiro de 2019, 10h03

Diário Oficial é assunto mais comentado do Twitter após mais um ‘fico’ de Bebianno

Bebianno não apenas não foi demitido, como assinou duas portarias na qualidade de ministro. Na rede social, os internautas especulam sobre o porquê de a exoneração não ter acontecido. Demissão ainda pode ser publicada em edição extra

Gustavo Bebbiano e Bolsonaro - Foto: Arquivo

Sem grande apelo junto à população em geral, o Diário Oficial da União, publicação onde são divulgados os atos oficiais de governo, chegou a ser o assunto mais comentado no Twitter na manhã desta segunda-feira (18).

O motivo é que esperava-se que a publicação trouxesse a exoneração do ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, na edição desta segunda-feira. Na noite de sexta-feira (15), o Jornal do SBT noticiou que Bolsonaro já teria assinado a demissão do ministro, que seria publicada nesta segunda. No entanto, Bebianno não apenas não foi demitido como assinou duas portarias na qualidade de ministro.

Na rede social, os internautas especulam sobre o porquê de a exoneração não ter acontecido. “O Diário Oficial da União, publicado no dia de hoje, não trouxe a exoneração de Gustava Bebianno. Aguardemos” tuitou uma internauta que se identifica como Maria Rosa. “Remorso, briga interna, queda de braço familiar, demora da exoneração no Diário Oficial. Caso Bebianno está bem parecido com o de Pedro Collor”, disse Fabrício Alves.

A demissão de Bebianno ainda pode ser publicada em edição extra do Diário Oficial da União.

Veja alguns tuítes de repercussão do assunto.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

 

 

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum