Fórumcast #20
27 de novembro de 2018, 08h31

Dias Toffoli pede nova indicação para comandante do Exército, após perder assessor militar para Bolsonaro

Azevedo e Silva - que participou de um grupo formulador de propostas para a campanha de Bolsonaro - já havia assumido por sugestão do general Villas Bôas.

Foto: Nelson Jr./SCO/STF

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Tófolli, voltou à caserna para pedir nova indicação de assessor, após perder o general Fernando Azevedo e Silva, anunciado como Ministro da Defesa pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL).

Segundo coluna da jornalista Andreia Sadi, no G1 nesta terça-feira(27), Tofolli pediu ao comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, a indicação de um novo assessor para o STF.

Azevedo e Silva – que participou de um grupo formulador de propostas para a campanha de Bolsonaro – já havia assumido por sugestão do chefe das Forças Armadas.  Em entrevista à Folha no dia 11 de novembro, o general Eduardo Villas Bôas disse que as Forças Armadas estiveram no limite na véspera da votação no STF do habeas-corpus requerido pelo ex-presidente Lula.

 

Veja também:  Caso Queiroz: Bolsonaro pediu a demissão de superintendente da PF no RJ

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum