Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
12 de abril de 2019, 22h15

Dilma sai em defesa de Assange: preso por revelar abusos do governo americano

“A prisão do criador do site WikiLeaks, Julian Assange, é uma ruptura do princípio universal do asilo político. É uma submissão do governo do Equador aos EUA”, tuitou a ex-presidenta

Foto: Wilson Dias

Vítima de espionagem por parte dos Estados Unidos, em ação revelada pelo WikiLeaks em 2015, a ex-presidenta Dilma Rousseff usou sua conta no Twitter para defender Julian Assange, preso nesta quinta-feira (11), quando estava na embaixada do Equador, em Londres.

“Assange está sendo preso porque revelou ao mundo abusos cometidos pelo governo americano e por grandes corporações. A intenção é interditar a verdade e impedir a livre circulação de informações. A prisão atenta contra a democracia e a imprensa democrática não pode se calar”, tuitou a ex-presidenta.

Em seguida, ela escreveu: “A prisão do criador do site WikiLeaks, Julian Assange, é uma ruptura do princípio universal do asilo político. É uma submissão do governo do Equador aos EUA. O governo britânico, subserviente, retirou Assange à força da embaixada do Equador em Londres, onde ele era refugiado”, concluiu.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum