sábado, 26 set 2020
Publicidade

Dirigentes do PT entram com recurso para manter candidatura de Marília Arraes

Apesar da resolução do PT, que definiu pelo acordo entre o partido e o PSB, o que acabou barrando a candidatura de Marília Arraes (PT), em Pernambuco, um grupo de dirigentes petistas optou por ingressar com recurso para manter a candidatura da neta de Miguel Arraes no estado nordestino. Marília brigava pela liderança nas pesquisas de intenções de voto ao governo do estado pernambucano.

Segue nota dos dirigentes:

Considerando,

que o esforço da direção partidária em conquistar alianças nacionais para fortalecer a candidatura de Lula à presidência da república fez adiar por três vezes o encontro estadual de Pernambuco;

Que aliança partidária formal nacional significa coligação e apoio à candidatura de Lula;

Que sabidamente o Encontro Estadual de Pernambuco se pronunciará pela defesa da candidatura de Lula e da construção de candidatura própria no estado, conforme orientou a direção partidária em todos as resoluções adotadas sobre tática eleitoral de 2018 em Pernambuco, onde a possibilidade da não candidatura do PT ocorreria no quadro de uma aliança nacional e formal do PSB com o PT;

Que o resultado concreto das negociações com o PSB resultaram no “não apoio” formal e nacional, e portanto não está dentro do que pode ser considerado dentro dos interesses partidários para vencer as eleições 2018;

Que a candidatura própria do PT, Marília Arraes, encontra-se empatada com os demais concorrentes e, pelas pesquisas, pode ser vitoriosa no primeiro e no segundo turno, representando uma grande força a favor da candidatura Lula e nosso projeto nacional;

Em defesa da democracia interna, recorremos ao Diretório Nacional da decisão da CEN sobre tática eleitoral do dia 01 de agosto de 2018.

Brasília, 1 de agosto de 2018

Ivan Alex, Mucio Magalhães, Silvana Donatti, Carlos Henrique Árabe, Renato Simões, Markus Sokol, Vilson Oliveira, Moara Saboia, Luizianne Lins, Marcio Tavares

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.