Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
14 de fevereiro de 2020, 08h00

Dólar baixo permitiu levar babás à Disney e alta evitou sogra, diz empresário em encontro com Guedes

Sem se identificar, empresário que participou de almoço com Guedes na Fiesp, disse à Folha que "por sorte" o dólar subiu na hora certa, quando a família cogitava levar também a sogra aos EUA

Fiesp e o pato nos atos da Avenida Paulista (Divulgação/Fiesp)

Um empresário que participou do almoço com Paulo Guedes nesta quinta-feira (13) na Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), ironizou em “off” – pedindo para não ser identificado – a declaração do ministro da Economia de Jair Bolsonaro, de que o dólar baixo teria permitido “uma festa danada” com empregadas domésticas viajando para a Disneilândia.

O empresário teria dito a valorização do real diante do dólar permitiu que eles levassem as babás à Disney, mas, “por sorte”, a moeda estadunidense subiu na hora certa, quando a família teria cogitado levar também a sogra à viagem aos EUA. A declaração foi dada à coluna Painel, da Folha de S.Paulo.

No evento, Paulo Guedes silenciou sobre a declaração e deixou a Fiesp sem falar com os jornalistas.

O ministro ainda ouviu reclamação do presidente da Nestlé Brasil, Marcelo Melchior, que teria dito que o governo estaria satanizando seus produtos com o imposto sobre o “pecado”, que aumentaria a taxação sobre doces.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum