terça-feira, 29 set 2020
Publicidade

Doleiro disse que tirou até 15 malas com R$ 1,5 milhão da casa de Paulo Preto

A jornalista Mônica Bergamo informa na edição desta segunda-feira (25) de sua coluna na Folha de S.Paulo que, em delação premiada, o doleiro Adir Assad disse que chegou a retirar até 15 malas com R$ 1,5 milhão de uma das casas de Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, ex-diretor da Dersa e operador financeiro do PSDB.

Assad relata ainda que no imóvel, localizado na Vila Nova Conceição, havia uma espécie de edícula usada como ateliê de pintura. No cômodo havia um quadro grande que era, na verdade, uma parede falsa. “Um vão com prateleiras, onde Paulo deixava guardadas diversas malas, todas cheias de dinheiro”.

Segundo a jornalista, a delação de Assad foi usada para o pedido de prisão de Souza, detido na terça (20).

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.