Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
11 de março de 2019, 09h36

Dono da Havan defende Bolsonaro, mas já fala que não tem político de estimação

O empresário diz também que “assina embaixo” a iniciativa de Bolsonaro de publicar o vídeo de conteúdo obsceno no Carnaval

Jair Bolsonaro e Luciano Hang - Reprodução/Twitter

Até o empresário Luciano Hang, 56, um dos apoiadores mais fervorosos da candidatura de Jair Bolsonaro, já começa a colocar as suas barbas de molho. Apesar de dizer, em entrevista à Folha, publicada nesta segunda-feira (11), que apoia 100% o governo, o empresário já começa a fazer ressalvas.

Diante de tantos escândalos como o das candidaturas de laranjas no PSL, a investigação de um ex-assessor de Flávio Bolsonaro, filho do presidente e também a situação do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, suspeito de patrocinar esquema de candidaturas laranjas em Minas abastecidas com verbas públicas do PSL o empresário diz: “Tudo o que estiver errado tem de ser criticado e punido. Não tenho político de estimação e não tenho partido”.

Apesar disto, o empresário, que chegou a ser cotado para a vaga de vice, diz também que “assina embaixo” a iniciativa de Bolsonaro de publicar o vídeo de conteúdo obsceno no Carnaval.

“Fui favorável. O Brasil, com o marxismo cultural e o gramscismo, virou uma bagunça. Eu, como pai de família, quero ordem, disciplina, ética. Não pode ser essa putaria que está tendo aí hoje. Eu não sei por que fazem tanto mimimi sobre um negócio que é 100% certo. Não foi ele que criou aquele vídeo. Ele simplesmente chamou a atenção da sociedade de que isso não pode continuar”, afirma.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum