Fórumcast, o podcast da Fórum
24 de setembro de 2018, 22h46

Donos da rede ‘Coco Bambu’ doam para Bolsonaro e internautas já propõem boicote

Os sócios da rede Coco Bambu doaram R$40 mil para a campanha de Bolsonaro, que vem sendo alvo de uma intensa mobilização contra sua candidatura; nas redes, internautas já propõem boicote ao restaurante

Foto: Reprodução

De acordo com informações disponíveis no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os sócios da rede de restaurantes Coco Bambu doaram R$40 mil para a campanha do candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL).  Eugênio Veras Vieira e Afrânio Barreira Filho, donos da rede, doaram R$20 mil cada.

A rede, especializada em frutos do mar, foi fundada em 1989 na cidade de Fortaleza. Atualmente conta com unidades em 13 estados diferentes, com mais de um restaurante nas principais capitais.

A doação dos sócios do Coco Bambu vem em meio a uma intensa campanha contra o candidato do PSL e, nas redes, internautas já estão propondo boicote aos restaurantes da rede. O mesmo aconteceu com relação à declaração de apoio ao militar da reserva do dono da rede de lojas de material esportivo Centauro.

Confira, abaixo, parte da repercussão.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum