No rastro do crime ambiental nas praias do Nordeste
08 de outubro de 2017, 17h02

Doria culpa Haddad e PT por queda de popularidade

Tucano despencou dez pontos porcentuais na sua aprovação e foi criticado pelo vice-presidente de seu próprio partido

Tucano despencou dez pontos porcentuais na sua aprovação e foi criticado pelo vice-presidente de seu próprio partido

Da Redação

Após nove meses à frente da prefeitura de São Paulo e passar a se dedicar à candidatura presidencial, João Doria (PSDB) despencou quase dez pontos percentuais na aprovação de sua administração, segundo pesquisa Datafolha. O levantamento mostrou que, pela primeira vez, a avaliação regular supera a positiva desde que sua gestão começou, em janeiro.

Para justificar a queda, o prefeito culpou seu antecessor Fernando Haddad (PT). “É importante respeitar pesquisa, eu respeito pesquisa. Estamos com nove meses de gestão à frente da Prefeitura de São Paulo, sem recursos. Temos R$ 7,5 bilhões de déficit no orçamento da prefeitura [em relação à receita prevista pela gestão anterior]. Que foi herança do PT, que nos deixou esse rombo”, disse Doria.

Mas não é só o Datafolha que trouxe más notícias para o prefeito. O jornal O Estado de S. Paulo publicou editorial, com título Cidade Linda só no nome, onde critica o desempenho da gestão Doria. O artigo foi compartilhado pelo ex-prefeito Haddad.

Além disso, o vice-presidente nacional do PSDB, Alberto Goldman, gravou um vídeo onde fala sobre o abandono da cidade da São Paulo pelo atual prefeito João Doria, de seu partido. Segundo ele, “nove meses se passaram e o prefeito ainda não nasceu. A única coisa que nasceu foi um candidato à Presidência da República. Doria não quer ser prefeito”. Doria respondeu atacando Goldman, dizendo que ele é um “fracassado, um improdutivo”.

Para o deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP), “Doria é rejeitado pelo povo, vê sua máscara de gestor cair, ataca membros de seu partido nas redes e coloca a culpa de tudo em quem? Haddad”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum