Dossiê de antifascistas de Douglas Garcia é um guia alternativo de endereços bacanas

Bares, restaurantes e centros culturais antifascistas foram divulgados pelo deputado bolsonarista e parecem uma boa pedida para visitar após a quarentena; times de futebol também aparecem na lista

Foto: Acervo Alesp

O dossiê produzido pelo deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP) com o objetivo de intimidar antifascistas trouxe também uma lista de bares, restaurantes, espaços culturais e estúdios de tatuagem que parecem uma boa pedida para dar uma volta após a quarentena.

Investigado pelo STF no inquérito das fake news, o parlamentar anunciou nesta quinta-feira (4) ter entregue um dossiê com cerca de mil pessoas que se denominam antifas. Segundo o bolsonarista, o antifascismo seria um “grupo de extermínio”.

Um dos listados, o cartunista Carlos Latuff reforçou a bandeira. “Sim, sou mesmo antifascista, e continuarei sendo!”, tuitou.

Latuff ainda relacionou o dossiê intimidatório com a perseguição realizada pela polícia secreta nazista (Gestapo). “Essa coisa de dossiê pra intimidar, chantagear, perseguir opositores não foi inventada por bolsonaristas. Houve uma época muito conhecida da História, em que tais dossiês eram cuidadosamente preparados por um órgão chamado Geheime Staatspolizei, também conhecido como…Gestapo!”, disse ainda.

Além das pessoas “denunciadas” – muitas delas listadas apenas por postar uma foto de Karl Marx ou seguir páginas antifas -, o relatório traz mais de vinte locais frequentadas por pessoas de esquerda e/ou com temáticas de esquerda.

Há bares, restaurantes, lanchonetes, estúdios de tatuagem, ocupações, livrarias, centros culturais, salões de beleza, lojas, rádios comunitárias e praças. Aparecem endereços em São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR), Carapicuiba (SP), São Bernardo do Campo (SP), Recife (PE) e Rio de Janeiro (RJ).

Garcia ainda lista times de futebol de várzea que trazem em seu nome referências ao antifascismo e ao socialismo.

A Fórum optou por não divulgar os endereços listados para evitar retaliações aos estabelecimentos. Caso o proprietário opte pela divulgação, entre em contato conosco.

Este post foi modificado pela última vez em 4 jun 2020 - 17:24 17:24

Lucas Rocha: Jornalista da Sucursal do Rio de Janeiro da Fórum.