Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
29 de novembro de 2019, 07h47

Doutrinado de Olavo de Carvalho, simpatizante da monarquia vai presidir a Fundação Biblioteca Nacional

Influenciador intelectual da extrema-direita conservadora, Nogueira é um dos idealizadores de vídeos do canal Brasil Paralelo, onde Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) estudou História do Brasil para se preparar para a sabatina que enfrentaria no Senado antes de assumir a embaixada brasileira em Washington

Rafael Nogueira, que vai presidir a Biblioteca Nacional (Reprodução/Twitter)

Conservador, doutrinado por Olavo de Carvalho e simpatizante da Monarquia – que sustenta que o Brasil nunca mais se encontrou após o golpe militar improvisado e injustificável da Proclamação da República – Rafael Nogueira, que se define como “aspirante a filósofo” nas redes sociais vai assumir a presidência da Fundação Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro.

O nome dele, que na verdade chama-se Rafael Alves da Silva, deve ser anunciado nos próximos dias pelo secretário especial de Cultura, Roberto Alvim, diretor teatral alçado ao governo após anunciar que faliu ao demonstrar apoio a Jair Bolsonaro.

Influenciador intelectual da extrema-direita conservadora, Nogueira é um dos produtores de vídeos do canal Brasil Paralelo, onde Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) estudou História do Brasil para se preparar para a sabatina que enfrentaria no Senado antes de assumir a embaixada brasileira em Washington – o que acabou não acontecendo.

Nas redes sociais, Nogueira tem estilo próximo ao do guru, Olavo de Carvalho, divulgando fake news e instigando – muitas vezes com palavrões e tom pejorativo – os seguidores a atacarem tudo aquilo que considera como esquerda.

Na semana passada, ele registou pelo Twitter uma visita a Biblioteca Nacional de Lisboa, em Portugal.

“A Biblioteca Nacional de Lisboa é um fenômeno em qualidade de arquivo, organização, ambiente e segurança de prédio, funcionários, acervo e usuários. Gosto mais do prédio da Biblioteca lá do Rio, e tenho mais interesse em seu acervo, mas temos muito a aprender com Portugal”, tuitou.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum