Fórumcast #20
09 de novembro de 2018, 11h41

Dr. Rey vai à casa de Bolsonaro para se oferecer como ministro da Saúde

Apesar de não ter agenda marcada, o cirurgião conseguiu entrar. Ao sair, disse que “a conversa foi boa”

Foto: Reprodução/O Globo

O cirurgião plástico Robert Rey, conhecido de todos como Dr. Rey, apareceu na porta da casa do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), no condomínio na Barra, no Rio de Janeiro, para se oferecer como ministro da Saúde.

Apesar de não ter agenda marcada, Rey afirmou que tinha e acabou mesmo sendo recebido por Bolsonaro.

“Tá marcado (de o presidente me receber). Pode ser que eu leve uma porta na cara, mas éramos do mesmo partido (PSC) e quero ser considerado pro ministério da Saúde. Quero trazer a saúde dos EUA pro Brasil. Precisamos de um país que fale inglês e não ‘ingrês’.”

Pouco menos de 30 minutos após ter entrado, Dr. Rey deixou o condomínio sem dizer se tinha, de fato, se oferecido a comandar a pasta. Além de repetir os elogios à saúde norte-americana, ele se limitou a dizer apenas que “a conversa foi boa”.

Quase pré-candidato

Apesar da admiração por Bolsonaro, Dr. Rey quase foi pré-candidato às eleições presidenciais deste ano, nas quais concorreria com o próprio presidente. Ele concedeu uma série de entrevistas em que se disse postulante ao cargo no Planalto. O sonho viveu até abril, quando anunciou a desistência.

Veja também:  Globo Rural chama Bolsominions de gado, desperta ira e cria polêmica no Twitter

Hoje filiado ao Partido Ecológico Nacional (PEN), o médico foi candidato a deputado federal pelo Partido Social Cristão em 2014, sigla a qual Bolsonaro já pertenceu.

Com informações do Extra


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum