Fórumcast, o podcast da Fórum
30 de janeiro de 2019, 10h39

É o Crivella ou não é? Escola de samba nega que diabo tenha o rosto do prefeito

“A gente fez um diabo só. Tão dizendo que é o prefeito, e pode até ser parecido, mas não é, não. Essa é a interpretação que estão dando”, disse o presidente da escola

Foto: Reprodução Rede Globo e Internet

A foto de uma peça com a representação do diabo, com chifres e tudo o mais, que pertence à escola de samba Acadêmicos do Sossego, da Série A, que tem como tema a frase “Não se meta com minha fé, acredito em quem quiser” tem causado polêmica nas redes sociais.

Tem gente jurando que o capeta tem a cara do prefeito Marcelo Crivella. A escola, no entanto, publicou em suas redes sociais, na noite da segunda-feira (28), um comunicado informando que a fotografia foi “indevidamente retirada” de seu barracão de alegorias e que a escultura “não faz alusão a nenhuma figura específica”.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

O comunicado diz ainda que a obra simboliza o “Demônio da intolerância” e tem “representatividade abstrata”, tendo os artistas responsáveis “total liberdade” para expressar esse conceito da forma que escolherem.

O presidente da agremiação, Wallace Palhares, disse que não se trata de uma referência ao evangélico. Ele garante que os traços em comum entre o demônio e o rosto do gestor municipal são mera coincidência, fruto da ilusão de ótica.

“A gente fez um diabo só. Tão dizendo que é o prefeito, e pode até ser parecido, mas não é, não. Essa é a interpretação que estão dando.”

Quem acompanha o carnaval carioca sabe que o histórico de desavenças entre o prefeito e as escolas de samba não é nova. Em 2018, a verba prevista para os desfiles foi cortada pela metade e a escola de samba Mangueira representou o prefeito Crivella na avenida como Judas.

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum