Edinho Silva reage a delírio de Bolsonaro: “mais uma vez me ataca com mentiras e fake news”

Desesperado com as pesquisas, que mostram vitória de Lula, Bolsonaro importou fake news sobre Venezuela. "Gasta tempo fazendo politicagem e usa instituições do Estado para fazer disputa partidária e divulgar mentiras", disse prefeito de Araraquara.

O desespero diante do derretimento nas pesquisas, que mostram uma possível vitória de Lula (PT) no primeiro turno das eleições, tem provocado delírios em Jair Bolsonaro (PSL), que voltou a atacar o prefeito de Araraquara, Edinho Silva (PT), em entrevista a uma rádio nesta sexta-feira (14).

Notícias relacionadas

Bolsonaro mais uma vez me ataca com a disseminação de mentiras e fake news. A Prefeitura de Araraquara vem a público manifestar repúdio sobre uma fala proferida pelo presidente“, escreveu Edinho em uma sequência de tuites no final da tarde.

Desta vez, Bolsonaro importou o delírio que prega sobre o “comunismo” venezuelano dizendo que na cidade do interior paulista “o pessoal comeu cães e gatos, porque não tinha o que comer”.

“A Prefeitura lamenta e reforça que se trata de mais uma fake news. Notícia mentirosa propagada por quem deveria coibir essa prática. Não há na cidade registro sobre essa denúncia envolvendo ‘gatos e cachorros como alimentos’, ou mesmo algo semelhante“, rebateu Edinho, que destacou que “inclusive, a Prefeitura e os órgãos de fiscalização jamais localizaram os autores dessa denúncia”.

Em seguida, Edinho listou uma série de medidas de proteção social desenvolvidas por seu governo na cidade, que foi alvo de uma caravana bolsonarista para levar alimentos durante a pandemia para ser usada de forma eleitoreira pelo presidente.

“Ao contrário, Araraquara investe fortemente na política de assistência, seg/ alimentar e combate à fome, além dos vários prog de combate ao desemprego e qualificação profissional como Jovem Cidadão, Frentes da Cidadania, PMAIS com distribuição de cestas de hortifrútis nos CRAS adquiridas da agricultura familiar, Apoiadores no Combate à Dengue e no Combate à Covid, Bolsa Cidadania, dentre muitos outros programas da nossa rede de Assistência. Isso é perene e foi intensificado durante a pandemia”, escreveu o prefeito.

No início da Pandemia, a prefeitura criou uma rede de solidariedade para fazer a ponte entre doadores e pessoas em situação de vunerabilidade, além de distirbuir alimentos e kits de higiene.

“Até hoje, só a Rede de Solidariedade já distribuiu 39k cestas de alimentos, além dos kits de higiene. Somando com as cestas de estocáveis e hortifrútis da Sec. da Educação, são mais de 232k cestas/kits entregues entre 20 e 21 até agora em socorro às famílias durante a pandemia”, tuitou.

Publicidade

Edinho ainda lamentou o uso político da pandemia por Bolsonaro, que “gasta tempo fazendo politicagem, criando fake news e usando de instituições do Estado Brasileiro para fazer disputa partidária e divulgar mentiras”.

“É lamentável o uso político da pandemia. São mais de 621 mil famílias enlutadas no país”, afirmou o prefeito de Araraquara, destacando ainda que “a cidade está testando 100% da demanda de sintomáticos e assintomáticos”.

Publicidade

“Araraquara vai continuar seguindo a ciência e a medicina e, com certeza, vai vencer mais esse desafio”.

Leia a sequência de tuites

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.