Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
17 de maio de 2019, 07h45

Editorial d’O Globo diz que “estilo de governar pelo confronto” de Bolsonaro “não dará certo na democracia”

Opinião do jornal - porta-voz da família Marinho em temas políticos - é publicada um dia depois que o ex-diretor da publicação, Ascânio Seleme, destruiu em artigo o governo Jair Bolsonaro e lançou a tese do impeachment

Foto: Marcos Corrêa/PR

Em editorial publicado nesta sexta-feira (17), com destaque no site, o jornal O Globo – porta-voz da família Marinho em temas políticos – afirma que o “estilo de governar pelo confronto” de Jair Bolsonaro (PSL) “não dará certo na democracia”, apontando o uso de milícias digitais contra adversários do governo.

“Casos como este das universidades, o da atuação de milícias digitais contra supostos adversários de Bolsonaro, além de outros exemplos, apontam para um perigoso estilo de governar pelo confronto, em meio a bate-bocas e xingamentos. Por óbvio, não dará certo na democracia. Não é possível governar assim”, diz o texto, que relata as “trapalhadas” do governo em relação ao bloqueio de recursos no Ministério da Educação.

O Globo diz ainda que Bolsonaro “com cinco meses de mandato, faz questão de atropelar a chamada liturgia do cargo”. “Um comportamento autodestrutivo muito eficaz para criar mais problemas ao seu governo do que a própria oposição”.

Em defesa da única bandeira que liga as organizações da família Marinho à Bolsonaro, o jornal diz que a “atuação de Bolsonaro, que se soma à capacidade dos filhos de semearem problemas para o governo”, prejudica a “atmosfera política” para aprovação da reforma da Previdência.

“Se o objetivo do governo era ressuscitar a oposição, movimento perfeito. Mais esta atuação de Bolsonaro, que se soma à capacidade dos filhos de semearem problemas para o governo — sem se preocupar com a atmosfera política prejudicial à aprovação da reforma da Previdência, de que depende o próprio futuro do presidente —, indica que pode haver método nesta maneira de agir”.

Impeachment
Nesta quinta-feira, em artigo no jornal, o colunista e ex-diretor de Redação do jornal da família Marinho, Ascânio Seleme, destruiu o governo Jair Bolsonaro e lançou a tese do impeachment.

“O perigo do isolamento de Jair Bolsonaro é real. Para quem faz tudo para parecer que somente a derrota interessa, o caminho para o fracasso não poderia estar mais aberto e desimpedido”, afirma nas linhas finais, após listar todas as “indisposições” dos cinco meses de gestão, que fez com que Bolsonaro já esteja “tomando café frio”.

Leia o editorial na íntegra


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum