#Fórumcast, o podcast da Fórum
13 de outubro de 2019, 10h16

Eduardo Bolsonaro debocha de comunidade LGBT com “ressignificação” da sigla

Aspirante a embaixador nos Estados Unidos usou camiseta com referência à Donald Trump e armas para provocar LGBTs

Reprodução

Apesar de estar estudando relações internacionais com o alto escalão do Itamaraty para se qualificar como candidato a embaixador do Brasil nos Estados Unidos, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) segue encampando discursos sem qualquer tipo de decoro para o cargo que almeja. Neste sábado (12), durante do CPAC (Conservative Political Action Conference), tradicional evento conservador dos Estados Unidos que ganhou sua primeira edição brasileira, em São Paulo (SP), o filho do presidente gravou um vídeo debochando da comunidade LGBT.

Nas imagens, o parlamentar aparece com uma camiseta com a sigla LGBT estampada, mas com um significado diferente para cada uma das letras que representam as lésbicas, gays, bissexuais e transexuais. “O conceito de LGBT foi atualizado com sucesso”, disse o deputado. Na sequência, uma mulher que o acompanhava explica: “Liberty (liberdade), guns (armas), Bolsonaro e Trump”.

A provocação gerou repercussão imediata nas redes sociais. O presidente nacional do PSOL, Juliano Medeiros, por exemplo, ironizou: “O conceito de lambe botas dos Estados Unidos também foi atualizado com sucesso”.

Confira.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum