Fórum Educação
02 de abril de 2020, 14h58

Eduardo Bolsonaro diz que Lula e Doria visam igualdade: “Sabe onde tem? Em Cuba, Coreia do Norte”

Deputado disse ainda que a tradicional oposição entre PT e PSDB faz parte de uma estratégia apelidada por ele de "estratégia das tesouras"

Eduardo Bolsonaro (Reprodução/Flickr)

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) foi às redes sociais nesta quinta-feira (2) para criticar a aproximação do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com o ex-presidente Lula (PT). O tucano repostou uma publicação de Lula e disse que “não é hora de expor discordância”, pois o “vírus não escolhe ideologia nem partidos”.

Filho do presidente se irritou com a postagem e disse que ato dos dois políticos visa a igualdade, assim como teria em Cuba e Coreia do Norte. “Enquanto PSDB quer algo mais gradual o PT é mais agressivo, mas eles visam a igualdade. Sabe onde há igualdade? Em Cuba, Coreia Norte”, escreveu Eduardo.

Eduardo disse ainda que a publicação do ex-presidente não é um pedido de união, pois trata-se de um ato político, e que a tradicional oposição entre PT e PSDB faz parte de uma estratégia apelidada por ele de “estratégia das tesouras”.

“O recado de Lula não é de união, é político: neste momento vale a pena PT estar junto do PSDB contra Bolsonaro. Antigamente PT e PSDB se fingiam de opositores, o que era conhecido como estratégia das tesouras Hoje eles não tem mais esse pudor”, escreveu o deputado.

Eduardo então explica que a estratégia das tesouras consiste em, mesmo estando em lados políticos opostos, os partidos trabalham com o mesmo objetivo e “apenas discordam dos meios para se chegar nele”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum