Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
28 de outubro de 2019, 10h08

Eduardo Bolsonaro lamenta vitória de Fernández e tenta deslegitimar presidente eleito

O deputado comentou sobre as visitas de Fernández a Lula e de sua campanha pela liberdade do ex-presidente

Foto: Reprodução/Facebook

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) foi às redes sociais nesta segunda-feira (28) para criticar o novo presidente da Argentina, Alberto Fernández, e lamentou a sua vitória em primeiro turno na noite deste domingo (27).

“Na Argentina o novo presidente eleito visitou Lula e pede sua liberdade, a vice até ontem estava de mãos dadas com Maduro e uma comitiva do PT incluindo os lavajatados ‘Lindinho Farias’ e ‘Humberto Um Milhão Costa’ foram celebrar a vitória lá. Qual a chance de isso dar errado?”, escreveu o deputado, explicitando seu ódio contra a esquerda vitoriosa no país vizinho.

Em seguida, em nova tentativa de ataque, Eduardo Bolsonaro comentou em seu Twitter que o dólar na Argentina está custando quase 60 pesos e comparou o valor com a conversão do dólar no Brasil, que está 4 reais. “Para quem reclama que o dólar está R$ 4 aqui no Brasil, imagina na Argentina que está quase 60 pesos!”, escreveu.

No entanto, o deputado não se atentou para o fato de que um peso argentino equivale a 0,067 na moeda brasileira e que, portanto, 60 pesos também equivalem a 4 reais. Desta forma, o dólar na Argentina é equivalente ao dólar no Brasil de Jair Bolsonaro.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum