Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
21 de junho de 2019, 20h19

Eduardo Bolsonaro manda ministra Damares indeferir indenização a Dilma por perseguição na ditadura

Filho de Bolsonaro cobra que Damares indefira processo movido por Dilma Rousseff antes mesmo de avaliação da Comissão da Anistia

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) usou seu Twitter para pressionar a ministra Damares Alves, a indeferir possível indenização à ex-presidenta Dilma Rousseff sobre perseguição política que sofreu na ditatura militar. A ministra disse que vai analisar o processo somente após a Comissão da Anistia dar seu parecer.

Damares postou em seu Twitter que “tudo será conduzido de forma absolutamente técnica, obedecido o devido processo legal. Vou analisar, no que tange às legalidade, o que for decidido pelo Conselho e refletir sobre o caso” sobre o processo indenizatório movido por Dilma.

O comentário da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, no entanto, não satisfez o deputado Eduardo Bolsonaro, que, sem ter acesso aos documentos, pediu logo o indeferimento.

O requerimento foi feito em 2002, mas Dilma pediu a suspensão da tramitação enquanto ocupava cargos no executivo federal. O processo vai ser analisado pela Comissão nos dias 26 e 27 (quarta e na quinta-feira).


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum