O que o brasileiro pensa?
25 de maio de 2020, 08h18

Eduardo Bolsonaro posta vídeo onde PMs prestam continência a manifestantes em ato golpista

Filho de Bolsonaro escreveu na legenda: “A Polícia Militar de São Paulo nunca decepciona, sempre dá o exemplo”

Foto: Reprodução

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (Sem Partido-SP) postou vídeo em sua conta do Twitter, na noite deste domingo (24), onde policiais militares teriam prestado continência e apoiado manifestantes a favor do seu pai, o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ), na avenida Paulista, em São Paulo.

Leia também: Nota da PM nega fake news criada por Eduardo e Jair Bolsonaro sobre continência a manifestantes

O filho de Bolsonaro escreveu na legenda: “A Polícia Militar de São Paulo nunca decepciona, sempre dá o exemplo”.

Em nota, a Polícia Militar de São Paulo afirma que se trata de fake news a mensagem que circula entre bolsonaristas e que foi publicada por Eduardo Bolsonaro.

Segundo a PM, o gesto era uma homenagem ao soldado Lucas Alexandre Leite, de 25 anos, que faleceu em serviço na noite de sábado (23), na zona leste da cidade de São Paulo.

A nota diz ainda que “durante o sepultamento, realizado do Mausoléu da PM, localizado no centro da Capital, policiais militares do 2º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M), a qual pertencia a vítima, o honraram com continência individual e toque de silêncio”.

Ato na capital
O ato na capital foi marcado por gritos de “ditadoria”, uma crítica ao governador, que tem adotado as recomendações das autoridades de saúde e proibiu atividades não essenciais. Como governador, Doria é o chefe das forças policiais no estado. Aglomerados, os bolsonaristas não usavam máscaras.

Uma das viaturas da PM foi cumprimentada por bolsonaristas. “Estamos juntos”, grita um manifestante que cumprimenta o PM que dirige o carro.

Além de mensagens de apoio ao presidente Jair Bolsonaro, os manifestantes também gritaram ofensas ao Congresso e ao Supremo Tribunal Federal. O tom era semelhante ao do ato ocorrido no mesmo horário em Brasília, que teve a participação do presidente.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum