Fórum Educação
05 de março de 2020, 07h01

Eduardo Bolsonaro sobre “Bolsofeios”: “Sai até no Jornal Nacional como sendo crime (não é)”

Filho de Jair Bolsonaro disse que não vai demitir assessor que criou dentro de seu gabinete o perfil no Instagram para divulgar fake news e atacar adversários

Publicação do perfil "bolsofeios" divulgada por Eduardo Bolsonaro (Reprodução)

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) divulgou um vídeo nas suas redes sociais na noite desta quarta-feira (4) dizendo que não vai demitir o secretário parlamentar Eduardo Guimarães, usou um computador de seu gabinete para criar e alimentar o perfil “Bolsofeios” no Instagram. O caso foi revelado após uma quebra de sigilo pela Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News.

“O e-mail utilizado é pessoal dele. Mas, vamos dar uma olhadinha no tipo de postagem que sai no ‘Bolsofeios’? Porque, a propósito, Bolsofeios é uma espécie de humor conosco, com nossa figura. Então, as postagens ali, em sua esmagadoríssima maioria, são fotos nossas antigas, coisas relacionadas a nossa infância, nossa adolescência”, diz Eduardo.

O deputado ainda cita o “departamemes do gabinete de Kim Kataguiri”, sobre o líder do MBL, dizendo que todo parlamentar tem hoje um assessor de internet.

“Perfil individual de funcionário faz piada COMIGO: sai até no Jornal Nacional como sendo crime (não é)”, afirmou Eduardo.

Bolsofeio
O documento da CPMI mostra que a conta, além de ter sido feita por um computador localizado dentro na Câmara dos Deputados, foi registrada a partir de um telefone utilizado pelo secretário parlamentar de Eduardo, chamado Eduardo Guimarães.

O email do registro da página é “eduardo.gabinetesp@gmail.com”, endereço usado pela assessoria do filho do presidente para a compra de passagens e reserva de hotéis, através de cota parlamentar, de acordo com a prestação de contas disponível no site da Câmara dos Deputados.

A conta tinha ataques contra jornalistas, O STF, Rodrigo Maia, Alcolumbre e outros opositores da família Bolsonaro, além de convocar para ato de direita do dia 15.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum