Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
11 de abril de 2019, 20h13

Eduardo Bolsonaro sobre morte de inocente com 80 tiros: “Ninguém tem escrito na testa que é criminoso”

O filho do presidente fez o comentário durante visita ao Rio Grande do Sul onde foi receber a Medalha do Mérito Farroupilha

Eduardo Bolsonaro (Reprodução/Instagram)

Após Jair Bolsonaro ter ignorado o brutal assassinato do músico Evaldo dos Santos Rosa, de 51 anos, alvo de 80 tiros de soldados do Exército no Rio de Janeiro, Eduardo Bolsonaro declarou que o caso tem de ser investigado. No entanto, disparou em seguida: “Ninguém tem escrito na testa que é criminoso”.

Em entrevista ao Guaíba News, nesta quinta-feira (11), o filho do presidente disse: “É lamentável e triste. Os policiais envolvidos já foram averiguados pelos seus superiores. Ninguém tem escrito na testa que é criminoso. Casos como estes que venham a ocorrer serão investigados”, ressaltou, sem demonstrar a indignação que o caso exige, da mesma forma que seu pai.

Eduardo foi ao Rio Grande do Sul para receber a Medalha do Mérito Farroupilha, concedida pelo deputado licenciado Ruy Irigaray (PSL). “Isso é expressão da democracia”, destacou.

O merecimento pela homenagem esteve longe de ser unanimidade entre os deputados gaúchos. Em consequência da polêmica criada, o deputado Fábio Ostermann (Novo) protocolou projeto de lei que vincula a entrega da medalha à concordância da maioria em plenário.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum