Eduardo Bolsonaro tem perfil bloqueado no Facebook após publicar frases de Hitler

Eduardo Bolsonaro foi à Justiça recorrer da decisão do Facebook de bloquear seu perfil na rede

Após relacionar o derretimento do pai, Jair, nas pesquisas de intenção de voto a uma declaração atribuída a Adolph Hitler, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) teve seu perfil no Facebook suspenso por 30 dias.

A publicação aconteceu no dia 14 de julho e foi replicada pelo deputado em outras redes sociais (veja aqui).

Eduardo recorreu à Justiça do Distrito Federal nesta segunda-feira (20) contra a decisão da rede social, uma empresa privada.

Até o dia 14 de agosto, o deputado não poderá publicar ou comentar posts no Facebook.

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.