Entrevista exclusiva com Lula
25 de outubro de 2019, 13h51

Eduardo comenta matéria da IstoÉ e diz que há uma “guerra na comunicação” para atacar o governo

Em publicação confusa, Eduardo cita Olavo de Carvalho e diz que "esquerda pode voltar" por conta da "guerra na comunicação"

Foto: Reprodução/Facebook
O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) foi às redes sociais nesta sexta-feira (25) para comentar a reportagem da revista IstoÉ, que o acusa de ter utilizado dinheiro público do fundo partidário para pagar a sua lua de mel. Para se defender, Eduardo cita Olavo de Carvalho e diz que há uma “guerra na comunicação” para atacar o governo de seu pai.
“Olavo tem razão, sem comunicação JB pode fazer o melhor governo do mundo que no imaginário das pessoas terá sido o pior – a guerra está na comunicação! Se isso acontecer é provável que a esquerda volte, com +ódio no coração censure imprensa e internet. Aí n teremos a quem recorrer”, disse.
Para se justificar sobre as acusações que a reportagem levanta, Eduardo publicou imagens da fatura de seu cartão de crédito no Banco do Brasil que mostram o parcelamento da passagem aérea. No entanto, essa informação não comprova que o dinheiro utilizado não é proveniente do fundo partidário.
Eduardo então acusa novamente a imprensa de atacá-lo propositalmente. “O objetivo é botar um alvo em mim para eu ser metralhado por matérias caluniosas, assim como fizeram com JB antes da eleição”, disse.

A reportagem de Germano Oliveira, jornalista da revista IstoÉ, revelou que a negociação do uso do fundo partidário teria sido feita pela advogada do PSL, Karina Kufa.

Relatos obtidos pela reportagem mostram que Kufa, contratada pelo partido a pedido de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e conhecida por cumprir diversos favores ao deputado, teria sido a responsável por acertar os detalhes da viagem de lua de mel. Eduardo se casou com Heloísa Wolf no dia 25 de maio, no Rio de Janeiro, com as despesas pagas por amigos, mas faltava comprar as passagens da viagem de núpcias ns Ilhas Maldivas.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum