Aos 85 anos, Luiza Erundina participa de ato de rua com Boulos em São Paulo

Campanha do PSOL à prefeitura de São Paulo apostou na popularidade da ex-prefeita na periferia e a levou em uma espécie de "papamóvel" em uma carreata no Grajaú

A duas semanas do primeiro turno da eleição para a prefeitura de São Paulo, o PSOL decidiu apostar na popularidade da ex-prefeita Luiza Erundina na periferia da capital paulista e levou a deputada federal para uma carreata no Grajaú, Zona Sul da cidade, na tarde deste sábado (31).

Candidata a vice de Guilherme Boulos, que está em terceiro lugar nas pesquisas de intenção de votos, Erundina tem 85 anos e, por ser do grupo de risco da Covid-19, ganhou um carro adaptado para o ato de rua. A deputada, de máscara, ficou dentro de uma estrutura de acrílico montada em uma caminhonete e discursou ao público que acompanhou o evento. O carro da candidata a vice havia sido batizado de “Erundinamóvel”, em referência ao “papamóvel”, e ganhou também o nome de “Cata-Voto”.

“Um dia mágico na nossa campanha aqui no Grajaú, Zona Sul, a 26 km da Praça da Sé. Depois de o Ibope cravar um crescimento nosso de 3 pontos, confirmando nossos passos firmes pro segundo turno, a militância empolgou de vez e nem a Luiza Erundina conseguiu ficar em casa”, escreveu Boulos pelo Twitter.

A ideia da candidatura de Boulos ao levar Erundina às ruas é atrair o eleitorado que a ex-prefeita tem na periferia da cidade. Além disso, segundo o partido, a deputada vai começar a ir tanto a compromissos com Boulos como sozinha, o que deve dobrar a capacidade de inserção de campanha nas ruas.

Até aqui, Erundina vinha participando da campanha virtualmente, por meio de lives em redes sociais e aparições em vídeo em eventos.

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista e repórter especial da Revista Fórum.